Deolinda Kinzimba - "A VOZ QUE CONQUISTOU PORTUGAL"

2/01/2016 04:35:00 da manhã Minha doce África 0 Comments

A nova voz de Portugal!!
Deolinda Kinzimba

Deolinda Kizimba: assim se chama a nova voz de Portugal. A vencedora do The Voice Portugal, traz porém o sabor africano, já que é natural de Luanda, a capital angolana. Deolinda, a primeira mulher a vencer o concurso, conquistou todos desde o primeiro momento, com a sua voz única. Mas segundo ela, nunca pensou sequer em concorrer a um programa televisivo, por achar “que não estava preparada”. Conheça aqui mais sobre a Deolinda, nesta entrevista que a cantora concedeu ao blogue “Minha Doce África.”

Minha doce ÁfricaComo se descreve como pessoa? /Personalidade?
Deolinda Kinzimba - Descrevo-me como uma pessoa simples, calma e sonhadora.
Minha doce África - Uma curiosidade sobre si? Algo que não costuma partilhar?
Deolinda Kinzimba - Adoro maçãs (risos)
Minha doce África - Pensou alguma vez participar num programa televisivo?
Deolinda Kinzimba - Na verdade nunca pensei, pois sempre achei que não estava preparada para tal.
Minha doce África - Como surgiu esta oportunidade? Porquê e quando pensou em concorrer ao programa The Voice?
Deolinda Kinzimba - A oportunidade surgiu quando um amigo enviou-me uma mensagem com o número para as inscrições. Pensei muito depois de receber a mensagem, até que decidi arriscar.
Minha doce África - Como é ser a primeira mulher a ganhar este programa?
Deolinda Kinzimba - É maravilhoso ser a primeira mulher a ganhar este programa, é algo que vai ficar na história (risos)
Minha doce África - Como é ser uma mulher africana e ganhar um programa no território português?
Deolinda Kinzimba - É normal, sou uma pessoa normal e acredito que merecemos todos ter oportunidades na vida sendo africanos, asiáticos ou não.
Minha doce África - Já sentiu algum tipo de discriminação ao vencer o programa, pelo facto de ser mulher e africana?
Deolinda Kinzimba - Prefiro ignorar coisas assim, porque para além de ser africana sou um ser humano que como todos os outros tenho direito a ser feliz e realizar os seus sonhos.
Minha doce África - Como lida com as críticas negativas? Acha-as de alguma forma construtivas?
Deolinda Kizimba - Depende muito da crítica, mas lido bem sim.
Minha doce África - Como lida com as críticas sobre o seu aspeto físico?
Deolinda Kinzimba - Sou uma pessoa perfeitamente normal, tenho tudo que um humano deve ter: cabeça, braços, pernas, dedos, olhos, boca, orelhas, nariz, ahh sem esquecer do coração, não me falta nada (risos)
Minha doce África - Acha que a aparência conta para vingar neste ramo, assim como em outros?
Deolinda Kinzimba - Bem diz o ditado que “as aparências enganam” acho que para vingar neste ramo ou noutro qualquer é preciso trabalhar e fazer as coisas com o coração.
Minha doce África - O que diria às muitas mulheres africanas que têm sonhos idênticos ao seu, ou outros que por vezes pareçam impossíveis ou difíceis de alcançar?
Deolinda Kinzimba - Apenas diria que nada é impossível aos olhos de quem tem fé em Deus.
Minha doce África - Em relação ao Afro, apesar de este estar em voga, pretende ditar alguma moda? Ou é mesmo afirmação de identidade?
Deolinda Kinzimba - O afro é o que eu sou, não quero ditar nenhuma moda, talvez o possa considerar como uma afirmação de identidade.
Minha doce África - Em algumas entrevistas mencionou que para si o mais importante não é ganhar dinheiro com a música, mas sim fazer com que as pessoas se identifiquem com ela. Tal facto deve-se a algum motivo em especial? Ou às suas inspirações musicais como refere enumeras vezes? Como pretende fazer isso?
Deolinda Kinzimba - O dinheiro não é realmente o mais importante para mim quando se trata de música, não por um motivo em especial e nem pelas minhas inspirações, mas sim para fazer as pessoas sentirem-se bem ao ouvir-me cantar. De alguma forma, faze-las sentir um misto de emoções ao entrar na história das minhas músicas, identificarem-se e talvez encontrar nelas incentivo e força. Como um médico que em primeiro lugar coloca a saúde dos seus pacientes e só depois é que se preocupa com o pagamento.
Minha doce África - Quais são os seus planos para o futuro agora que ganhou o concurso?
Deolinda Kinzimba - São muitos os planos, como lançar o CD e ter uma carreira internacional, mas prefiro deixar tudo nas mãos de Deus.
Minha doce África - Quais são as suas palavras de incentivo para as nossas manas??

Deolinda Kinzimba - Muita força e fé, nunca desistam dos vossos sonhos, pois tudo é possível aos olhos de quem crê. 

0 comentários: